O que é e quem faz

Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo da Unicamp lança coleção de livros digitais sobre divulgação científica

Como parte de seu trabalho de formação e produção na área de jornalismo e divulgação científica e cultural, o Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo da Unicamp lança a Estante Labjor, uma coleção de livros digitais de acesso livre. A partir da seleção de dissertações defendidas no programa de Mestrado em Divulgação Científica e Cultural do Labjor – e também de teses e ensaios escritos em outros centros dedicados à área –, a ideia é que as pesquisas escolhidas passem por nova edição e adaptação, sendo assim formatadas como livros para download.

O comitê editorial executivo da Estante é formado pelos jornalistas Ricardo Whiteman Muniz e Marina Gomes e pelo professor Carlos Vogt, que coordena o projeto. O conselho editorial conta com nomes como os físicos Ildeu Moreira (UFRJ, presidente da SBPC) e Peter Schulz (Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp, secretário de comunicação da Universidade); os jornalistas Herton Escobar (ciência e meio ambiente) e Marcelo Soares (jornalismo de dados) e os cientistas políticos Luis Felipe Miguel (UnB) e Sergio Amadeu (UFABC).

Conheça o conselho editorial da Estante Labjor:

Alcides Eduardo dos Reis Peron
Pesquisador de pós-doutorado (Fapesp) na Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da USP, desenvolvendo o estudo “Punição preditiva: o detecta e a incorporação de técnicas de mineração de dados e perfilização (big data) nas práticas de vigilância e monitoramento da Polícia Militar paulista”. Graduado em relações internacionais (2006) e ciências econômicas (2007) pela Facamp e doutor em política científica e tecnológica pela Unicamp (2016). Integra o Grupo de Análise de Políticas de Inovação (Gapi), o Grupo de Estudos em Tecnologias de Defesa e Evolução do Pensamento Estratégico (Geted) e a Rede de Pesquisa em Paz, Conflitos e Estudos Críticos de Segurança.

Germana Fernandes Barata
Formada em ciências biológicas pela Unicamp (1996) e doutora em história social pela USP, com enfoque na história da comunicação da ciência. Integra o comitê da Rede Internacional de Comunicação Pública da Ciência e da Tecnologia (2018-2022). Foi professora visitante no Simon Fraser University, Canadá, entre 2017 e 2018. É pesquisadora do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo da Unicamp.

Herton Abacherli Escobar
Jornalista especializado na cobertura de ciência e meio ambiente. Desde janeiro de 2015 é colaborador internacional da revista Science. Foi repórter do jornal O Estado de S. Paulo por quase 20 anos, com mais de 2 mil reportagens sobre pesquisa básica, política científica, desenvolvimento tecnológico e inovação. Foi bolsista da Knight Science Journalism Fellowships no MIT (2006-2007) e visiting scholar na Graduate School of Journalism da Universidade da Califórnia em Berkeley (2014). Em 2016, em parceria com a pró-reitoria de pesquisa da USP, foi um dos fundadores do USP Talks.

Ildeu de Castro Moreira
Doutor em física pela UFRJ, é professor do Instituto de Física e do programa de pós-graduação em história das ciências, ensino de física e história da física na UFRJ e no mestrado em divulgação científica (Fiocruz). Foi editor científico da revista Ciência Hoje (1988-1996) e diretor do Departamento de Popularização e Difusão da Ciência e Tecnologia do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (2004-2013). É presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (2017-2019).

Juliana Schober Gonçalves Lima
Engenheira de pesca e aquicultura (Universidade Federal Rural de Pernambuco). Doutora em planejamento e desenvolvimento rural sustentável (Universitat Hohenheim, Alemanha). Pesquisadora visitante na Universidade de Auburn (EUA) em planejamento territorial, sistemas de produção alimentar e segurança alimentar (2015). Pós-doutorado na área de comunicação e divulgação científica sobre sistemas alimentares, territórios e segurança alimentar (Unicamp, 2017). Em 2008 ingressou na Universidade Federal de Sergipe, onde coordena o Laboratório de Sistemas Aquícolas e Planejamento Ambiental do Departamento de Engenharia de Pesca e Aquicultura. É pesquisadora associada do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo da Unicamp.

Luis Felipe Miguel
Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (1988), é doutor em ciências sociais pela Unicamp (1997) e professor titular do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília, onde coordena o Grupo de Pesquisa sobre Democracia e Desigualdades. Publicou, entre outros, os livros Democracia e representação: territórios em disputa (Editora Unesp, 2014), Consenso e conflito na democracia contemporânea (Editora Unesp, 2017) e Dominação e resistência: desafios para uma política emancipatória (Boitempo, 2018).

Marcelo Soares
Jornalista especializado em análise de dados, fundador da empresa Lagom Data, em São Paulo. Primeiro editor de audiência e dados do jornal Folha de S.Paulo, também lecionou jornalismo de dados nas pós-graduações em jornalismo digital da ESPM e da PUCRS. É membro do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ) e foi um dos fundadores da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). Escreveu para Los Angeles Times e Wired News e participou da elaboração de projetos que ganharam os prêmios Esso (2006), IRE (2008, 2010 e 2013), CNI (2014), SND (2014), SIP (2014), Petrobras (2017) e INEP (2018).

Peter Alexander Bleinroth Schulz
Doutor em Física pela Universidad Autonoma de Madrid (1989) e pela Unicamp (1990). Fez pós doutorado no Instituto Max Planck de Física do Estado Sólido em Stuttgart (1990-1992). Foi professor do Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW) da Unicamp durante 20 anos. Atualmente é professor titular da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) da Unicamp, em Limeira. Além de artigos em periódicos especializados em Física e Cienciometria, dedica-se à divulgação científica e ao estudo de aspectos da interdisciplinaridade. Publicou o livro A encruzilhada da nanotecnologia – inovação, tecnologia e riscos (Vieira & Lent, 2009) e foi curador da exposição “Tão longe, tão perto – as telecomunicações e a sociedade”, no Museu de Arte Brasileira – FAAP, São Paulo (2010). É secretário de comunicação da Unicamp.

Rafael de Almeida Evangelista
Doutor em antropologia social pela Unicamp (2010, tese “Traidores do movimento: política, cultura, ideologia e trabalho no Software Livre”). É pesquisador do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo da Unicamp, onde coordenou o mestrado em Divulgação Científica e Cultural. É autor de Para além das máquinas de adorável graça – Cultura hacker, cibernética e democracia (Editora Sesc SP, 2018). Foi professor visitante na Queen’s University, em Kingston, Canadá, durante 2018.

Sérgio Amadeu da Silveira
Professor associado da Universidade Federal do ABC. Doutor em ciência política pela USP (2005). Membro do Comitê Científico Deliberativo da Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura (ABCiber) e do Comitê Gestor da Internet no Brasil. Autor dos livros Tudo sobre tod@s: redes digitais, privacidade e venda de dados pessoais, Exclusão digital: a miséria na era da informação e Software livre: a luta pela liberdade do conhecimento.

Simone Pallone de Figueiredo
Jornalista pela PUC-Campinas e doutora em política científica e tecnológica (Unicamp). É pesquisadora do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo, atuando em temas como percepção pública da ciência, jornalismo em saúde e indicadores de C,T&I, entre outros. Coordenadora do Núcleo de Desenvolvimento da Criatividade (Nudecri) e do podcast Oxigênio.

logo do LabjorCriado na Unicamp em 1994, o Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo desenvolve atividades de pós-graduação, pesquisa, extensão, treinamento e consultoria.

Objetivos: formar competências nas áreas de jornalismo científico, divulgação científica e crítica da mídia; fornecer recursos humanos e instrumental para acompanhar as mudanças na mídia impressa e eletrônica; identificar problemas e propor soluções para o campo do jornalismo; relacionar ciência, vida cotidiana e sociedade; conscientizar os cientistas para a divulgação de suas pesquisas; discutir criticamente política científica e ciência brasileira.

Labjor | Unicamp